1 de março de 2024

VICKYS SPORTS GASTROPUB

VICKYS SPORTS GASTROPUB FUTEBOL AO VIVO, GASTRONOMIA

ESPECIAL LIBERTADORES FEMININA: Corinthians leva a melhor no derby e é campeão de 2023

2 min read

ESPECIAL LIBERTADORES FEMININA: Corinthians leva a melhor no derby e é campeão de 2023

As equipes brasileiras são as maiores campeãs da Copa Libertadores Feminina

As Brabas levantaram a taça em 2022 após uma campanha impecável

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Futebol Interior, 31/12/2023

Destaques

Campinas, SP , 28 (AFI) – O Corinthians é tetracampeão da Libertadores Feminina! As Brabas protagonizaram uma partida de gala no clássico paulista contra o Palmeiras, vencendo as Palestrinas por 1 a 0. O gol da vitória foi marcado por Millene.

O Corinthians conseguiu esse êxito nos anos de 2017, 2019, 2021 e agora em 2023. Só que dessa vez foi especial, já que foi o último jogo do técnico Arthur Elias, agora técnico da seleção brasileira feminina.

Na competição, a equipe Alvinegra deixou para trás grandes adversários. As Brabas começaram a jornada com a vitória sobre o Colo Colo por 1 a 0. Depois, golearam o Always Ready por 6 a 0. O Sportivo Limpeño foi o terceiro adversário das Brabas, que triunfaram por 5 a 0. Nas semis, reeditaram a final do Brasileirão Feminino Neoenergia 2022, vencendo o Internacional por 4 a 3 nos pênaltis.

ESPECIAL LIBERTADORES FEMININA: Corinthians leva a melhor no derby e é campeão de 2023 8

A temporada vitoriosa é reflexo da retomada do futebol feminino do clube.

Isso é só uma amostra da hegemonia do Brasil na Conmebol Libertadores Feminina. O triunfo do Palmeiras só cravou a predominância das equipes brasileiras no torneio, que agora somam 12 títulos:

São José (3) – 2011, 2013 e 2014

Corinthians (3) – 2017, 2019, 2021 e 2023

Santos (2) – 2009 e 2010 

Ferroviária (2) – 2015 e 2020

Palmeiras (1) – 2022

As outras equipes que já levantaram a taça do torneio foram: Colo-Colo (Chile), Sportivo Limpeño (Paraguai) e Atlético Huila (Colômbia).

FARO DE GOL

Mesmo sem garantir um lugar no pódio, a artilharia da competição ficou com Priscila, do Internacional. Em sete jogos, a atacante balançou as redes oito vezes, tornando-se a maior goleadora desta edição. No segundo lugar da artilharia, ficaram Bia Zaneratto, do Palmeiras, e Millene, do Corinthians, ambas com seis gols marcados.

PRÓXIMA EDIÇÃO

Além da Ferroviária, o atual campeão continental Corinthians e o Santos, terceiro lugar no Brasileirão, serão os representantes do país na Libertadores de 2024.

Noticias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *