22 de julho de 2024

VICKYS SPORTS GASTROPUB

VICKYS SPORTS GASTROPUB FUTEBOL AO VIVO, GASTRONOMIA

ESPECIAL PAULISTA FEMININO: Corinthians se torna o maior campeão do Estado

4 min read

ESPECIAL PAULISTA FEMININO: Corinthians se torna o maior campeão do Estado

Neste ano, o Timão conquistou além do Paulista Feminino, a Supercopa do Brasil, o Brasileiro Feminino e a Libertadores Feminina

O Corinthians chegou a marca de maior vencedor do Paulista Feminino

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Futebol Interior, 25/12/2023

Corinthians foi campeão do Paulista Feminino (Foto: Divulgação – FPF)

Destaques

Campinas, SP, 21 (AFI) – O Corinthians chegou a marca de maior vencedor do Paulista Feminino. Na disputa, o domínio do Timão foi amplo. As Brabas venceram o rival São Paulo e conquistaram o quarto título da competição. O Alvinegro se igualou ao Santos como maior vencedor do torneio.

Em 2023, o Corinthians teve a despedida de Arthur Elias no comando, pois o técnico acertou a ida à seleção brasileira, muito pelo bom trabalho desenvolvido no clube. Neste ano, o Timão conquistou além do Paulista Feminino, a Supercopa do Brasil, o Brasileiro Feminino e a Libertadores Feminina. 

Corinthians eliminou rivais (Foto: Divulgação – FPF)

TETRACAMPEONATO DO CORINTHIANS NO PAULISTA FEMININO 

PRIMEIRA FASE

Na fase inicial da disputa, o Corinthians mostrou sua força e se classificou invicto na primeira posição da tabela. O time somou 21 pontos em 10 vitórias e um empate. O Corinthians foi o único time a não perder nesta etapa. Também classificados, Palmeiras, Santos e São Paulo conquistaram vagas na semifinal da competição. 

Por outro lado, Ferroviária, Red Bull Bragantino,Taubaté e São José não conseguiram o avanço, mas se classificaram para a Copa Paulista Feminina. 

SEMIFINAL

Na semifinal, os rivais se enfrentaram e os confrontos ficaram assim: Corinthians x Palmeiras; São Paulo x Santos. No Dérbi, o Palmeiras não conseguiu jogar e foi humilhado pelo adversário. No primeiro jogo, o Corinthians venceu por 1  a 0, fora de casa. Porém, na volta aplicou polêmica goleada por 8 a 0, na Neo Química Arena. Potência do futebol feminino, o Corinthians é superior aos rivais, na maioria das vezes. 

No outro confronto, a classificação foi decidida nos pênaltis. Após vencer a ida por 1 a 0 fora de casa, o Santos perdeu para o São Paulo, na Vila Belmiro, por 3 a 2, e o placar agregado terminou empatado em 3 a 3. Nas cobranças, 4 a 2 para o São Paulo, que conseguiu a vaga na final. 

Neo Química foi importante apoio para o Corinthians na temporada (Foto: Cris Dias – CBF)

FINAL

Na grande decisão, dois grandes clubes e dois grandes times femininos estavam em campo. Porém, a soberania corintiana se fez presente de novo. Mas não no primeiro jogo. O São Paulo recebeu o Corinthians na Vila Belmiro, que terminou com a vitória do Tricolor Paulista por 2 a 1, de virada. Os gols das vencedoras foram de Aline Milene e Ariel. Vic Albuquerque fez para o Corinthians. A vitória do São Paulo na ainda marcou a quebra de 25 jogos de invencibilidade do Corinthians, que não perdia há quase seis meses.

Para ficar com o título, o Corinthians teve que buscar a virada. A decisão foi na Neo Química Arena, no dia 26 de novembro. Em campo, o Timão entrou determinado com foco apenas na taça. A energia dos torcedores junto à força das jogadoras no gramado fizeram história na final do Paulista Feminino. O Corinthians não tomou conhecimento do São Paulo e aplicou uma goleada por 4 a 1, com gols de Jaqueline, Tarciane, Vic Albuquerque e Jheniffer, enquanto Dudinha descontou.

A vitória deu ao Corinthians o quarto título Paulista. O clube venceu também em 2019, 2020 e 2021. A hegemonia é total das Brabas há anos no Estado de São Paulo e no Brasil. 

Com apoio dos torcedores, que amam o clube, e o interesse da diretoria, o Corinthians se tornou a grande – e quase única – potência no cenário do futebol feminino. 

CATEGORIAS FEMININAS 

O ano também foi marcado pela consolidação de torneios realizados recentemente como a Copa Paulista Feminina e a Divisão Especial Feminina.

A Ferroviária foi campeã da quinta edição da Copa Paulista Feminina depois de superar o time do Red Bull Bragantino. O torneio vem se consolidando cada vez mais no futebol feminino e encaminha para a sexta edição em 2024. Em cinco edições, foram registrados quatro campeões diferentes, sendo o Palmeiras o maior campeão com dois títulos.

Outro torneio inaugurado foi o Campeonato Paulista Feminino Divisão Especial. Em 2023 Marília e XV de Piracicaba se enfrentaram pelo título da segunda edição do torneio e o Marília se sagrou campeão. Apesar de não garantir o acesso ao Paulistão Feminino, a competição busca desenvolver o futebol feminino em todas as esferas do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *